REPAQ – Rede de Pesquisa de Aqüicultura
Esta Rede congrega pesquisadores de distintas áreas de conhecimento e centros de pesquisa e tecnologia de aqüicultura do país. Sua organização é uma iniciativa da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) que, em conjunto com a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (SEAP) e atendendo demanda de pesquisadores e produtores em função do crescimento de sua importância científica e econômica, lançou em 23 de setembro de 2005 o edital nº 12/05 MCT/FINEP/SEAP/PR-Aqüicultura, onde foram definidos os seguintes temas prioritários para submissão de projetos de pesquisa:
a) Qualidade de água: estudos e projetos de pesquisa em qualidade da água nas criações;
b) Efluentes: estudos e projetos de pesquisa que avaliem o impacto ambiental causado pelos efluentes das atividades de criação, inclusive em tanques-rede;
c) Manejo de criação: melhores práticas de manejo de peixes e molusco bivalves, incluindo criação em tanques-rede e viveiros escavados, qualidade de água, aeração, densidade de estocagem e outros parâmetros;
d) Estudos Nutricionais: estudos sobre as exigências nutricionais dos peixes, em todos os estágios de desenvolvimento, levando em consideração a produção de alimento natural e estratégias de alimentação;
e) Redução de Custos: estudos de fatores que reduzam os custos de produção de ração, incluindo a utilização de ingredientes alternativos (com disponibilidade de mercado e de custo proporcionalmente inferior) e mudanças no processo de confecção;
f) Qualidade de água: estudos e projetos de pesquisa em qualidade da água nas estudos sobre as principais enfermidades incidentes no cultivo de peixes e molusco bivalves, bem como sobre seu controle nas criações;
g) Melhoramento Genético: estudos sobre melhoramento genético de espécies de peixe, e de técnicas de triploidia em espécies nativas, considerando os possíveis impactos ambientais;
i) Sustentabilidade Ambiental: estudo sobre sustentabilidade ambiental dos ecossistemas, onde seja enfatizada a manutenção da qualidade de água;
j) Estruturação das Informações de Pesquisa em Aqüicultura: desenvolvimento de um Portal Eletrônico que armazene as informações de pesquisas em aqüicultura e que permita interações entre pesquisadores e interessados, bem como a divulgação de pesquisas iniciadas ou de intenções de pesquisa, visando otimizar o aproveitamento de recursos financeiros e preencher as lacunas da tecnologia de criação das espécies nativas.
Na estruturação do Portal e da Rede de Comunicação, os diversos campos de estudos e atividades da Aqüicultura foram reunidos em seis grandes áreas (redes) e subáreas (sub-redes), estas últimas em aberto, ou seja, poderão ser acrescentadas tantas quanto necessárias para atender o surgimento de novas sub-áreas. As Áreas (subáreas) são: 1) Peixes (marinhos, continentais, amazônicos, ornamentais e outras); 2) Crustáceos (camarões, lagostas, caranguejos e outras); 3) Moluscos (ostras, mexilhões e outras); 4) Anfíbios (rãs e outras); 5) Répteis (tartarugas, jacarés e outras) e 6) Plantas (microalgas, macroalgas e outras). Ainda nesta estruturação os grupos de pesquisa foram reunidos nas oito categorias especificadas a seguir:
1) Genética: Melhoramento Genético, Linhagens, Genoma e outras especialidades;
2) Enfermidades: Enfermidades, manejo preventivo, biossegurança e outras especialidades;
3) Manejo de Cultivo: Larvicultura, Engorda, Nutrição, Despesca e outras especialidades;
4) Ecologia de Cultivo: Qualidade de Solos, Qualidade de Águas, Reuso e Recirculação de água, Impacto Ambiental, legislação ambiental, licenciamento e monitoramento ambiental e outras especialidades;
5) Tecnologia de Cultivo: Construção e Manutenção de Instalações, Adução e Descarte de Águas, Aeração, Tratamento e Gestão de Resíduos, Equipamentos e Instrumentos, Processos e Sistemas de Cultivo e outras especialidades;
6) Tecnologia de Processamento: Construção e Manutenção de Instalações, Tratamento e Gestão de Resíduos, Equipamentos e Instrumentos, Processos e Sistemas de Processamento, Acondicionamento; Embalagens; Logística e outras especialidades;
7) Economia e Gestão: administração de fazendas, administração de processamento, economia de negócios, estudos de mercado, crédito e financiamento e outras especialidades;
8) Tecnologia da Informação: Organização, Sistemas e Métodos; Tratamento e Análise de Dados; Balcão Virtual de Negócios; Inteligência Empresarial; Cadeias e Arranjos Produtivos Locais e outras especialidades.
No referido edital, a FINEP aprovou 22 projetos de pesquisa entre quais o Sistema de Informação da Rede de Pesquisa de Aqüicultura (SISPAQ) que, como diz o nome, tem o objetivo de desenvolver o sistema de informação (SISPAQ) e o portal de comunicação (REPAQ) desta rede de pesquisa. Para saber mais navegue no portal.
Portal REPAQ
COPYRIGHT 2007 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido pela ABDA e NUTEC/UFRN.
Financiamento: FINEP e SEAP/PR, Apoio: FUNPEC, CNPq, UFRN.
Desenvolvido para: